Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Hanseníase

A hanseníase é uma doença contagiosa, não hereditária, que tem cura. A transmissão do bacilo de Hansen, causador da doença, ocorre pela respiração.

A hanseníase se manifesta por lesões de pele com diminuição ou ausência de sensibilidade. Também são observados diminuição ou perda de sensibilidade ao calor, à dor e/ou ao tato em qualquer parte do corpo, com rarefação ou queda de pêlos e diminuição ou ausência de suor.

Cerca de 85% a 90% da população tem defesas biológicas contra o bacilo causador da hanseníase; estas pessoas não corre risco de desenvolver a doença. Os 10% a 15% restantes, que correm o risco de contrair a doença, são pessoas que convivem ou conviveram por mais de cinco anos com um doente sem tratamento.

A poliquimioterapia é o tratamento utilizado em todo o mundo, e a cura da hanseníase pode ser obtida em 6 ou 12 meses de tratamento. No Brasil, esse tratamento é gratuito. O diagnóstico e o tratamento são feitos nas Unidades Básicas de Saúde.

Leia mais sobre a hanseníase aqui.

Links relacionados

Secretaria da Saúde